BLOG

Boas práticas para e-mail marketing: 10 dicas necessárias

Boas praticas de Email-Marketing

O e-mail marketing morreu! A cada nova tecnologia de comunicação pela internet o velho e-mail é sentenciado a morte.

Devido a más práticas de profissionais de marketing o e-mail foi ficando mal visto e ações de marketing baseada em e-mails perdiam relevância. Mas as coisas mudaram e a comunicação por e-mails evoluiu. 

Hoje temos regras claras e as boas práticas para e-mail marketing foram criadas para repararem os excessos cometidos. O e-mail, que foi o primeiro canal de marketing digital baseado em permissão e continua sendo maior gerador de ROI.

 

Para cada 1$ gasto com marketing por e-mail, o ROI médio é de $ 38. * Data and Marketing Association.  

 

É também um dos primeiros pontos de contato a apresentar sua marca aos clientes. Porém, um e-mail eficiente não surge do nada. É preciso tomar decisões baseadas em dados e também usar de sensibilidade: uma combinação perfeita de dados e emoção.

Para ajudar você a dominar esse equilíbrio, reunimos neste post 10 super práticas comprovadas. Se você estiver apenas começando a usar o e-mail ou se quiser melhorar o que já criou, este post  ajudará você a criar um e-mail que cative os clientes e comprove seu próprio valor.

 

Boas práticas para e-mail marketing: 10 dicas para criar campanhas inteligentes e de alto ROI:

 

#1 Entenda seus objetivos

Quais alvos seu programa de e-mail precisa alcançar? Um aumento de 5% na base de assinantes em um período de seis meses? Uma redução no cancelamento de inscrições ou um aumento em cliques para conversões? Se você não souber, pode acabar exagerando no envio de e-mails apenas para obter conversões imediatas. Enviar muitos e-mails sem metas definidas causa o cansaço dos assinantes e prejudica sua base de clientes.

#2 Prepare a proposta de valor interna da campanha

 Sua equipe precisa pensar em uma declaração que será usada por todos, e compartilhá-la com a pessoa encarregada. Essa será sua resposta sucinta sempre que alguém perguntar: “Então, em que vocês estão trabalhando?” Por exemplo: “Estamos desenvolvendo um programa de e-mail para envolver os clientes atuais, inspirar novos clientes e ter destaque na caixa de entrada.

#3 Estabeleça metas focadas no cliente

Assim que você entender a visão do seu programa de e-mail, estabeleça metas focadas no cliente. Defina intenções claras para melhorar o valor de seus e-mails para os clientes. Talvez seu objetivo seja permitir o contato com o atendimento ao cliente com apenas um clique em todo seu material de marketing digital nos próximos 12 meses. Pode ser qualquer coisa que tenha como objetivo beneficiar aquela pessoa especial que está abrindo seu e-mail.

#4 Saiba o que já funcionou

Estabeleça uma referência para o sucesso. Colete dados de programas de e-mail anteriores para saber o que os assinantes acharam interessante, e onde há espaço para aprimoramentos. Houve períodos de envolvimento intenso? Houve períodos de excesso de cancelamento de inscrições? Entenda sua história.

#5 Faça um aquecimento de seu endereço IP

Se você enviar de uma vez um e-mail para cada possível cliente em seu banco de dados, os monitores de spam ficarão em alerta. Comece com suas melhores listas para criar uma reputação. Mantenha o volume proporcionalmente baixo na primeira semana. Assim, você consegue perceber problemas com seus envios iniciais antes que mais e-mails retornem. Em seguida, monte um plano para aumentar os volumes de envio até alcançar sua meta.

#6 Mantenha a consistência

Para o seu programa de marketing por e-mail, a consistência de volume e frequência é fundamental. Após o aquecimento dos endereços IP, os provedores de serviço de internet analisam os envios consistentes de cada IP.

#7 Estabeleça uma autenticação

A autenticação de e-mail confirma que o e-mail enviada por sua empresa vem mesmo de você. Isso protege sua reputação contra spammers que podem tentar se passar por sua organização. Seu provedor de serviço de e-mail pode ajudar você a estabelecer regras que determinam como seus e-mails serão enviados, assim remetentes fraudulentos não podem te imitar. A maioria dos servidores de e-mail usa sistemas chamados SPF, DomainKeys ou DKIM para esse fim.

#8 Receba a permissão deles

Deixe bem claro o que seus assinantes estão aceitando. Peça claramente a permissão para enviar e-mails promocionais. Mantenha as caixas de aceitação desmarcadas por padrão, e explique como a permissão será usada. Sempre que você coletar endereços, informe seus clientes antes que eles concordem com seus termos.

#9 Defina expectativas

Mostre aos clientes os benefícios da aceitação. Descreva o que você fornecerá em troca das informações deles. Diga porque isso é importante, explique com que frequência eles receberão notícias suas, e tudo mais que eles devam saber. Imediatamente após a aceitação por parte de um assinante, envie um e-mail de confirmação reiterando as vantagens.

#10 Leve os dispositivos móveis em consideração.

Seu e-mail precisa ficar ótimo em qualquer dispositivo e em qualquer cliente de e-mail. Proporcione uma experiência móvel elegante, começando com seu e-mail inicial de boas-vindas. O mundo está cada vez mais exclusivamente móvel, portanto, essas coisas são importantes.

Essas são 10 boas práticas para e-mail marketing. Reflita antes e depois de lançar suas campanhas de e-mail marketing. Priorize qualidade em vez de quantidade e entenda que sempre há algo a melhorar. Boas campanhas!

 

Fonte: 50 Email Best Practices Draft (SalesForce).

Compartilhar:
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter

VEJA TAMBÉM